quinta-feira, 14 de dezembro de 2017

Mais uma nova caixa para guardar miniaturas

Nesta quinta-feira, 14/12/2017, terminei de fazer uma nova caixa para guardar as miniaturas de carros antigos da minha coleção. A caixa tem capacidade para guardar 12 miniaturas. As divisórias foram feitas com papel paraná e o revestimento com as embalagens/cartelas das miniaturas Hot Wheels.

Veja abaixo as fotos da nova caixa:




Terminei também de fazer o revestimento de uma outra caixa que uso para guardar minhas miniaturas. O revestimento foi feito com as embalagens, desenhos e cartelas das miniaturas Hot Wheels, Matchbox, Maisto e Califórnia Toys.

Veja abaixo as fotos:



Curta a pagina de Maquetópolis no Facebook.

Obrigado, Deus te abençoe

segunda-feira, 11 de dezembro de 2017

Nova caixa para guardar miniaturas

Ficou pronta no dia 07/12/2017, mais uma caixa para guardar as miniaturas de veículos de filmes, séries e jogos da minha coleção.


A caixa tem capacidade para guardar 27 miniaturas. As divisórias foram feitas com papel paraná. A decoração da caixa foi feita com as embalagens/cartelas das miniaturas Hot Wheels.

Veja abaixo algumas fotos da caixa:





Curta a pagina de Maquetópolis no Facebook.

Obrigado, Deus te abençoe

sábado, 2 de dezembro de 2017

Miniaturas de Maquetópolis - Nissan Skyline GT-R

Adquiri no mês de Julho de 2017, uma miniatura da Welly (a primeira desta marca em minha coleção): Nissan Skyline GT-R.


O destaque tanto para essa quanto para outras miniaturas da Welly nesta escala está na pintura, nos detalhes como os faróis e nos pneus que são de borracha.





Abaixo estão as fotos de um comparativo entre o Nissan Skyline GT-R, da Welly, e o '17 Nissan Skyline GT-R (R35), da Hot Wheels.






Adquiri o Nissan Skyline GT-R da Welly, 201ª miniatura da minha coleção, em uma loja de R$ 1,99 em Taubaté-SP.

Esta e outras miniaturas da Welly são importadas para o Brasil pela Comercial DM Brasil.

No site da empresa, há o catálogo de 2017 dos brinquedos vendidos pela empresa. As miniaturas da Welly, no catálogo, são ofertadas nas escalas 1:18, 1:24, 1:34-39 e 1:60-64.

Na escala 1:60-64 são três categorias/coleções:

COLEÇÃO MIX - São 14 miniaturas. Destaque para a presença de miniaturas de carros nacionais (Fusca, Pajero, I30, Corolla e Focus), além da presença de outras miniaturas como o 1964 1/2 Ford Mustang Coupe, Chevrolet 1953 Pick-up, Pontiac 66 GTO.



COLEÇÃO SPORT - São 12 miniaturas. Como o próprio nome diz, esta categoria tem miniaturas de carros esportivos como os modelos da Lamborghini e Porsche, além da presença de miniaturas como o Audi A2, Mitsubishi Lancer Evolution VIII e o Nissan Skyline GT-R (miniatura que adquiri).


COLEÇÃO VOLKSWAGEN - São 07 miniaturas de veículos da Volkswagen com modelos da Kombi, Fusca e o Golf.


Fontes:
http://www.comercialdmbrasil.com.br/
http://dmtoys.com.br/catalogos/

Curta a pagina de Maquetópolis no Facebook.

Obrigado, Deus te abençoe

Maquetes Volumétricas - Projeto de Edifício Comercial e Residencial

Após um período sem publicar alguma postagem aqui no blog, volto pra mostrar as maquetes volumétricas feitas na aula de Ateliê de Projeto III, no curso de Arquitetura e Urbanismo da Faculdade Anhanguera de Taubaté.

Neste segundo semestre de 2017, o professor de Ateliê III, Gustavo Massimino, fez a proposta aos de fazerem um projeto de um edifício de uso comercial e residencial, localizado na região central de Taubaté-SP, especificamente, em alguns lotes/terrenos na região da CTI.

Depois de alguns estudos e ideias, meus colegas, Francisnei, Rogério e eu, fizemos o projeto de um edifício com estilo arquitetônico contemporâneo com 08 pavimentos, dos quais, o térreo e mais dois pavimentos são de uso comercial e os demais pavimentos de uso residencial, localizado em um terreno que fica em frente a Praça da CTI, entre a Av. 09 de Julho e a Rua Prof. Luiz Augusto da Silva.

Haviam duas propostas principais sobre o nosso projeto:
  • Possuir um mirante ou terraço para criar ao público e aos moradores uma vista para a Praça da CTI e região.
  • Ter uma arquitetura capaz de oferecer harmonia com o edifício Félix Guisard, também conhecido como a torre do relógio da CTI, com sua arquitetura art-déco.

A primeira maquete volumétrica do projeto foi feita na escala 1:500 com: isopor, papel pardo, papel cartão branco e preto, papel paraná, papel pardo verde e papel sulfite branco.
Abaixo estão as fotos da maquete volumétrica do nosso primeiro projeto:




 






Foram feitas algumas alterações no projeto como a parte comercial ser no térreo e no primeiro e segundo pavimento que é um espaço semi-privado com uma cafeteria e uma lanchonete, com uma pele de vidro. Esse pavimento faz uma ''divisão'' entre a parte comercial e a parte residencial que possuí 06 andares, cada um com 04 apartamentos com sala, cozinha, sanitário, área de serviço e uma suíte e 01 apartamento com sala, cozinha, quarto, sanitário e área de serviço.

A nova maquete com o projeto alterado, foi feito na escala 1:250 com: papelão, papel paraná, papel cartão preto, papel pardo, papel sulfite branco, papel fosco verde, amarelo e marrom e palitos de dente. Abaixo estão as fotos da maquete:










Curta a pagina de Maquetópolis no Facebook.

Obrigado, Deus te abençoe

domingo, 6 de agosto de 2017

5 Coisas Que Você Precisa Para Fazer Maquetes


Grandes, pequenas, coloridas, monocromáticas, com ou sem detalhes, de todos os tipos e de todos os tamanhos, as maquetes são uma representação em miniatura tanto de edificações existentes ou são a representação de um futuro projeto desde de uma única edificação ou de uma cidade.

Procurando na internet, ouvindo conselhos de profissionais ou de quem pratica o hobby de fazer maquetes, você deve ter noção dos tipos de materiais que deve usar, como usar, a escala, o que é melhor para representar uma árvore, a grama do jardim da casa, a água da piscina, o asfalto da rua, enfim, alguns detalhes que muitos procuram saber fazer, porém, ainda faltam algumas coisas que uma pessoa precisa ter para fazer uma maquete.

Fazendo maquetes há mais de uma década, vou escrever aqui para vocês pelo menos cinco coisas que você precisa ter para fazer uma maquete. Dicas que podem ser úteis tanto para estudantes que precisam fazer uma maquete para o trabalho escolar ( Ensino Fundamental, Ensino Médio e Ensino Superior) quanto para aqueles que querem fazer uma maquete para os filhos, sobrinhos, netos ou para si mesmo em casa. Itens que muita gente não nota, mas são importantes para a construção de uma maquete.

1 - PACIÊNCIA



O projeto está pronto (ou quase) e é preciso fazer a representação dele em forma de uma maquete mas é preciso cortar, colar, fixar, pintar, medir e outras coisas que são feitas durante a construção de uma maquete.

Pra fazer tudo é preciso ter paciência pois sem ela, a maquete não vai ficar pronta ou não ficará bonita. Portanto, construa a maquete com calma e...

2 - TEMPO



Fazer uma maquete não é como preparar um macarrão instantâneo.

Dependendo do tamanho dela e da quantidade de detalhes, pode ser que ela fique pronta em alguns dias, semanas ou meses.

Já diz o ditado popular que a pressa é inimiga da perfeição, portanto tente elaborar um cronograma para executar a construção da maquete, determine as etapas da construção, faça uma parte dela num dia, uma parte em outro e etc.

Aconteceu um imprevisto? Lembre-se do item acima, tenha paciência! Corrija o imprevisto e continue a construção, sem perder a calma para tentar recuperar o tempo perdido.

Para os estudantes: Assim que o professor (ou a professora) elaborar e passar o projeto, organize com os colegas que vão fazer o trabalho junto com você quais materiais serão utilizados para a construção da maquete e assim já começar a construção dela. Não deixe para a última hora.

Quanto mais organização, melhor, para assim entregar uma maquete bonita e bem feita.

Mas lembre-se, faça a maquete também com...

3 - CAUTELA



Tenha muito cuidado com a maquete, principalmente no antes, durante e depois da construção.

Sem ela, infelizmente há o risco de acontecer um acidente durante a construção da maquete como ferir a si mesmo ou quebrar a maquete, mesmo não estando pronta.

Portanto, faça a maquete com muita cautela e também com...

4 - VONTADE



Você conseguiu ter tempo, paciência e cautela mas mesmo assim não se sente muito animado, não encontra vontade, está difícil ter ânimo para fazer a maquete. É muita coisa pra fazer e a maquete parece que não fica pronta nunca, daí você ''paralisa a obra'', tenta fazer outra coisa para se distrair mas sente o dever de fazer a maquete.

Pare e pense que está construindo a representação de um projeto, de uma ideia, de um sonho e mesmo assim quer parar ou desistir de fazer a maquete?

Sabemos que não é tão fácil e rápido fazer uma maquete, dá certo trabalho caprichar nos detalhes da maquete para ela ficar bonita, mas, apesar das dificuldades, não desista de construir a maquete.

Portanto, faça a maquete com vontade e...

5 - DEDICAÇÃO



Com ela, todo o esforço e tempo valeu a pena até que a maquete finalmente ficasse pronta.

Com paciência, tempo, cautela, vontade e dedicação, é possível  para o estudante alcançar o objetivo de representar o seu projeto de uma edificação para o trabalho escolar, é possível um colecionador de miniaturas fazer e terminar uma maquete ou até uma diorama para servir de cenário para sua coleção.

Com todas essas coisas, as maquetes poderão ficar cada vez mais detalhadas, caprichadas e bonitas com o passar do tempo, basta praticar, ver algumas dicas e informações que ajude a fazer maquetes, escolher quais materiais utilizar, enfim, quanto mais prática e quanto mais utilizar as cinco coisas listadas nesta postagem, melhor será para você fazer uma maquete.

Espero que essas dicas tenham ajudado a você conseguir fazer sua maquete.

Curta a pagina de Maquetópolis no Facebook.

Obrigado, Deus te abençoe

sexta-feira, 4 de agosto de 2017

Casas de Maquetópolis no YouTube

Em comemoração aos 10 anos de Maquetópolis, foram postados no YouTube, alguns vídeos das maquetes de casas em Maquetópolis.

Os vídeos mostram em imagens e gravações detalhes e características das maquetes das casas dos EUA, Brasil, Reino Unido, Enxaimel (Alemanha), Modernas e do Japão.

Assista os vídeos no canal de Maquetópolis no YouTube ou abaixo:

CASAS DE MAQUETÓPOLIS - CASA AMERICANA 

 

 

CASAS DE MAQUETÓPOLIS - CASA BRASILEIRA 

 

 

CASAS DE MAQUETÓPOLIS - CASA BRITÂNICA

 

 

CASAS DE MAQUETÓPOLIS - CASA ENXAIMEL 

 

 

 CASAS DE MAQUETÓPOLIS - CASAS MODERNAS

 

 

CASAS DE MAQUETÓPOLIS - CASA DO JAPÃO 




 
Obrigado, Deus te abençoe

sábado, 29 de julho de 2017

Maquetes dos Leitores - 14

Aqui no blog de Maquetópolis, são exibidas as maquetes que os leitores do blog fazem por profissão, trabalho acadêmico ou por hobby, passatempo e etc.

Se você também quer ver as suas fotos aqui no blog, mande elas para o email maquetopolis@hotmail.com.br, ou para a pagina de Maquetópolis no Facebook.

Nesta postagem, o Roger Mirelle mandou mais fotos de suas maquetes:



Obrigado, Deus te abençoe

terça-feira, 25 de julho de 2017

A Nova Maquete do MASP em Maquetópolis

Durante as férias, comecei a fazer uma nova maquete. Construí uma nova maquete do MASP.


Decidi fazer esta maquete para que ficasse mais parecida com o prédio do MASP - Museu de Arte de São Paulo Assis Chateubriand, projetado pela arquiteta Lina Bo Bardi, localizado na AV. Paulista, em São Paulo-SP, principalmente na entrada e no telhado.


No dia 25/07/2017, a maquete ficou pronta. Ela foi feita com papelão, caixas de creme dental, caixa de perfume e papel paraná. Foi colorida com papel presente cinza, papel fosco azul e vermelho, papel sulfite branco e até papel ondulado cinza! Este último item foi utilizado na parte de baixo da maquete. Cortei o papel ondulado, amassei e dobrei o papel até desfazer toda a ondulação, fazendo com que ele ficasse reto. Tive que utilizar esse papel pois praticamente não existe nenhum tipo de papel com a cor cinza ou prata, principalmente de forma fosca. É uma forma diferente de colorir a maquete mas que deu certo.


Um dos desafios para fazer a maquete foi a construção da escada de acesso ao museu. Parte dela tem uma inclinação bem elevada, além da altura. A escada não foi colada na maquete e para evitar a queda da parte de cima, colei um ''pilar de sustentação'' nela.


Outro desafio era a esplanada sobre o edifício, conhecido como ''vão livre''. Originalmente, o prédio possui um vão livre de mais de 70 metros, só foi possível representar um vão com aproximadamente 35 metros na escala 1:100.


Além da construção do edifício, foi construída a praça onde está o MASP em Maquetópolis. A praça fica na Av. Paulista de Maquetópolis, vizinha a Praça Central de Maquetópolis.


As calçadas possuem rampas de acesso sinalizadas que foram feitas com cartões telefônicos e coloridas com papel colorido (cinza) e papel fosco amarelo (piso tátil). A praça foi feita com papelão e colorida com papel pardo e papel sulfite marfim.


Esta maquete faz parte da comemoração dos 10 anos de Maquetópolis. Justamente a inauguração da maquete foi feita neste dia 25/07, data escolhida como aniversário de Maquetópolis.

As maquetes de Maquetópolis tem parte de seu destaque a utilização de materiais recicláveis e na maquete do MASP não foi diferente. Foram utilizadas folhas de papel para ''rechear'' as caixas, evitando que o papel fique amassado com o passar do tempo, além da utilização do papelão para a construção da maquete.

Veja na postagem ''Maquetes de Maquetópolis - MASP'', mais detalhes e informações sobre a maquete do MASP em Maquetópolis. A postagem está atualizada com as novas fotos e detalhes da nova maquete.

Veja mais fotos do MASP em Maquetópolis na pagina de Maquetópolis no Facebook.

Obrigado, Deus te abençoe.